← Back to portfolio

Assessoria de Imprensa vs Marketing de Conteúdo: entenda a diferença

Published on 05/05/2020

É comum encontrar diversos executivos e pessoas com dúvidas a respeito das diferenças entre uma Assessoria de Imprensa e Marketing de Conteúdo.

Aliás, poucos executivos sabem de fato a diferença entre ambas, principalmente na hora de planejar a estratégia de comunicação empresarial.

Por que isso?

Porque são trabalhos distintos, porém complementares e igualmente importantes. Explicamos.

Se executados com sabedoria através de uma estratégia sólida, eles vão alavancar o crescimento de qualquer empresa, por dois motivos:

  1. Para fechar mais negócios e clientes ou;
  2. Para criar uma boa imagem do grupo perante a mídia.

O ponto-chave é justamente saber exatamente o que a sua empresa deseja como meta. Traduzindo:

  • Quero fechar mais clientes?
  • Quero aparecer nos principais jornais e revistas do País e do mundo?

Acredite, se você entender estes dois pontos cruciais a fundo, verá que nem sempre aquela decisão pré-concebida é a mais correta.

Muitas vezes, presenciamos executivos desesperados em contratar um serviço de assessoria de imprensa para alavancar mais clientes, sem conhecer a potencialidade do Marketing Digital.

É preciso pesquisar a respeito do assunto, indo a fundo, para ter total ciência da realidade que sua empresa vive e qual é o melhor caminho a ser trilhado.

Ou seja: algumas empresas estão prontas para executar um efetivo plano de comunicação para a imprensa, outras não.

Por outro lado, todas as empresas estão aptas a desenvolver Marketing de Conteúdo de qualidade para alavancar suas vendas e expandir o seu negócio.

Vale lembrar que uma decisão mal tomada acarreta perdas financeiras, caso o objetivo não seja atingido.

Em nosso post inaugural do blog, vamos definir o que é o trabalho de assessoria de imprensa contra o trabalho de um redator de Marketing de Conteúdo, e como estas estratégias juntas podem ajudar a sua empresa na hora de contratar um plano de comunicação.

O que é Assessoria de Imprensa?

Assessoria de Imprensa é o elo de comunicação entre um cliente (empresa, entidade, influenciador, instituição, etc.) e a mídia.

Segundo a Federação Nacional dos Jornalistas Profissionais (FENAJ), a função do assessor de imprensa é “facilitar a relação do seu cliente – empresa, pessoa física, entidades e instituições – com os formadores de opinião”.

Mais do que isso, a função do assessor é orientar o cliente o que pode e o que não pode interessar aos veículos de mídia para que o assunto se torne notícia.

Esta função é executada especificamente por profissionais de Relações Públicas ou jornalistas, que reconhecem e criam pautas com facilidade sobre os assuntos relevantes e positivos do cliente.

Normalmente, os serviços de assessoria de imprensa são desempenhados por agências de comunicação ou profissionais autônomos.

[caption id="attachment_343" align="aligncenter" width="799"]

coletiva-de-imprensa

O assessor de imprensa é responsável em organizar coletivas de imprensa e contato com jornalistas. Foto: Divulgação

O assessor de imprensa é o profissional responsável pelo contato prévio com os jornalistas, oferecendo pautas pertinentes do cliente para criar uma imagem positiva do mesmo no mercado.

Porém, ao tentar publicar pautas positivas o assessor de imprensa também está sujeito a conciliar os interesses da mídia com os da empresa para a qual presta serviço.

Traduzindo: nem tudo o que é notícia para a empresa, é para um veículo de mídia.

Em casos mais graves, existem assessores de imprensa especializados em gerenciamento de crise.

Quais são as funções desempenhadas por um assessor de imprensa?

As funções mais comuns desempenhadas por um assessor de imprensa são:

  • Criação de Press Releases;
    • Organização de coletivas de imprensa e eventos;
    • Clipping de Notícias;
    • Relacionamento direto com jornalistas, equipes de reportagem e editores;
    • Gerenciamento de Crises.

Por fim, vale lembrar que o Assessor de Imprensa não desempenha as mesmas funções que um Assessor de Comunicação.

Esta última é um pouco mais complexa, pois lida com os seguintes itens:

  • Comunicação interna empresarial (jornais e revistas internas);
    • Marketing e Publicidade;
    • Newsletter;
    • CRM (Customer Relationship Manager);
    • Eventos Internos.

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo, por sua vez, é uma ramificação do Marketing Digital que cria, publica e promove conteúdos personalizados para um potencial cliente, baseado em uma persona.

A persona é uma criação fictícia do que seria o seu cliente ideal, aquele que comprará o seu produto de fato.

O motivo principal do Marketing de Conteúdo não é a venda em si, mas sanar dúvidas das personas sobre determinados assuntos e oferecer soluções que resolvam estas dúvidas, no caso, o seu produto.

Em outras palavras, o Marketing de Conteúdo engaja o consumidor e educa o mercado. Neste intervalo, também é possível criar uma imagem da empresa perante os clientes, uma vez que a sua empresa é avaliada constantemente por quem de fato compra o seu produto.

O escritor norte-americano Joe Pulizzi, autor do célebre livro “Marketing de Conteúdo Épico” e fundador do Content Marketing Institute, define o termo com maior precisão:

“Marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica de marketing focada em criar e distribuir conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público-alvo claramente definido — e, em última análise, conduzi-los a ações rentáveis como consumidores.” - Joe Pulizzi

Marketing de Conteúdo na prática

Imagine que você tem uma agência de viagens e, ao publicar o seu site na Internet, deseja aumentar o seu número de clientes e vendas.

A primeira medida a ser tomada é criar mecanismos que gerem tráfego ao seu site, concorda?

Como as pessoas descobrirão a existência de sua agência, se o seu site não recebe visitas?

E é justamente aí que o Marketing de Conteúdo entra em ação: sua agência passa a publicar posts relevantes para os seus potenciais clientes, que os encontrarão através dos mecanismos de buscas como Google e Bing.

maragogi

Praia de Maragogi, em Alagoas. Foto: Divulgação

E que posts são estes?

A sua agência de viagens pode criar os seguintes estilos de publicações:

  • Quais são as praias imperdíveis de Natal, no Rio Grande do Norte?
  • 7 dicas de mergulho para se aventurar em Angra dos Reis;
  • Os melhores restaurantes sertanejos em Recife;
  • Quais são as melhores vinícolas próximas a Santiago do Chile

E por aí vai...

Ou seja, estes posts estão criando, organicamente, engajamento do público com a sua empresa.

E é aí que a sua agência aproveita a oportunidade para oferecer pacotes de viagens daqueles destinos mencionados, com um preço competitivo e convidativo.

Quais são os meios de divulgação no Marketing de Conteúdo?

Além dos posts, se faz necessário propagar a marca e produtos de sua empresa pela Internet.

Hoje, temos diversas formas de realizar este tipo de tarefa, sendo que algumas delas são gratuitas e outras requerem certo investimento. Os principais meios são:

  • Divulgação dos posts nas principais mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest, etc.);
  • Disparo de campanhas de E-mail Marketing;
  • Criação de um canal de vídeos no YouTube.

No primeiro caso, recomenda-se a criação de páginas profissionais nas redes sociais, destinadas à sua empresa, para a divulgação e propagação dos produtos.

Dica útil: nunca crie um perfil comum, pois assim não será possível investir em anúncios através das plataformas Facebook Ads, LinkedIn Ads, Twitter Ads, etc.

Além do mais, sua empresa limitará o número de seguidores a 5 mil, no caso do Facebook.

As campanhas de E-mail Marketing devem ser realizadas com a contratação de ferramentas robustas de Automação de Marketing. Alguns exemplos:

Quanto mais tráfego e divulgação a sua empresa investir, maior será o número de vendas e retorno financeiro.

Conclusão

Explicamos, neste post, as principais diferenças entre o serviço de Assessoria de Imprensa e o de Marketing de Conteúdo.

Mas qual deles é o melhor para a sua empresa?

Eu posso te responder com toda a sinceridade: ambos, desde que se faça um bom planejamento de comunicação.

Os dois serviços podem trabalhar mutuamente, cada um em seu nicho, e os resultados aparecem em questão de alguns meses.

Quer saber como a sua empresa pode crescer na Internet e na mídia?

Entre em contato comigo agora mesmo!



Close